Mitsubishi carisma

O primeiro show do Carisma ocorreu em 1995.

2003 Mitsubishi Carisma Classic. Arranque, motor e tour em profundidade.

O carro levou um elo intermediário na gama de modelos da Mitsubishi entre Lancer e Galant. Produzido na fábrica holandesa NedCar, na cidade de Born.

Duas opções de carroceria foram oferecidas - um sedan e um hatchback de cinco portas. Os materiais de acabamento são baratos, mas a qualidade da construção foi excelente. O banco do motorista é confortável, todos os controles são organizados logicamente. É bastante confortável sentar no banco de trás.

Um motor a gasolina de 1,6 litros com injeção de combustível distribuído de 99 hp foi proposto como a principal força motriz.

O Mitsubishi Carisma de primeira geração é um carro completamente confiável e equilibrado. Em 1997, a Carisma recebeu um motor 1.8 GDI ecológico com 125 hp.

Em 1999, a empresa realizou uma reformulação do modelo. As inovações afetaram principalmente a aparência. Mudou o capô, pára-choques, faróis, grade e painel.

Os pára-choques receberam revestimentos de plástico preto, o da frente perdeu o inchaço, tornou-se mais "afiado" devido à forma alterada das aberturas da entrada de ar. O capô adquiriu uma estampagem frontal estreita, formando uma espécie de "bico", que divide a grade do radiador com cromo em dois e chega ao para-choque.

O equipamento de iluminação mudou completamente. Cantos agudos eram arredondados nos indicadores de direção dianteiros e os repetidores laterais mudavam de cor de laranja para branco.

As luzes traseiras ficaram vermelhas, com indicadores de direção escondidos atrás das tiras de "vidro" branco embutidas nelas. Na modificação GDI, novas rodas de liga leve de 7 raios foram instaladas. A saliência característica na tampa do porta-malas simula um spoiler traseiro. O hatchback aumentou a área de vidros da quinta porta.

Já não são produzidos pela Mitsubishi Carisma

Em geral, o Carisma adquiriu um visual mais rápido e esportivo.

O interior atualizado com um poderoso console central e um novo painel de instrumentos com uma tela de informações de cristais líquidos começaram a parecer muito mais sólidos. A segunda geração do Carisma foi entregue ao mercado europeu em quatro versões - Clássico, Conforto, Esporte e Elegância (esses nomes substituíram os índices GL, GLX e GLS anteriores). A versão mais cara é o Elegance, com rodas de liga leve, maçanetas coloridas na caixa e caixas de espelhos exteriores, inserções de madeira no painel frontal e volante, ar condicionado com controle de temperatura. Além dos frontais, também são instalados airbags laterais. Configurações de suspensão alteradas para proporcionar melhor estabilidade direcional e conforto.

O painel manteve seu estilo: um visor característico sobre o painel de instrumentos, o console central proeminente parece sólido, graças a uma divisão volumétrica mais clara. O antigo relógio de pulso estreito deu lugar a uma ampla tela LCD multifuncional, que exibe informações sobre tempo, temperatura no mar e operação de um sistema de áudio equipado com RDS. Abaixo, os defletores de suprimento de ar são preservados, e o painel de controle aeroclimático com as teclas e o visor originais, anteriormente localizados embaixo deles, deu lugar ao rádio e a um conjunto padrão de manípulos rotativos que controlam o fluxo de ar na cabine.

O equipamento padrão oferecia dois airbags frontais, tensores de correia, ar condicionado, rádio, rodas R15, freios a disco nos dois eixos.

A gama de unidades de potência foi complementada por um turbodiesel de 1,9 litros com capacidade de 90 hp. São oferecidas duas opções de transmissão - um manual de cinco velocidades e uma máquina automática INVECS-II adaptável com capacidade de troca manual. As mudanças no chassi consistem em alargar as rodas dianteiras e aumentar o diâmetro dos discos de freio dianteiros.

Em 2002, um motor econômico de 1,3 litro com 82 cavalos de potência apareceu na gama de unidades de potência. O lançamento do Carisma 2003 é um novo passo na evolução deste modelo. O novo estilo do front-end tornou o carro mais elegante e moderno. O carisma deste ano modelo apresenta uma iluminação frontal escurecida com lentes transparentes e pára-choques modificados. A cor do logotipo da Mitsubishi mudou de vermelho para branco.

O interior foi finalizado em alto nível: a ergonomia dos controles e a qualidade dos materiais de acabamento são muito bons; assentos moderadamente rígidos distribuem perfeitamente a carga.

A gama de motores oferece três unidades de potência à escolha: 1,6 l / 103 hp, um motor GDI com injeção direta de 1,8 l / 122 hp e um turbodiesel de 1,9 l / 102 hp

A pedido, a caixa de velocidades automática adaptável INVECS II pode ser montada para se adaptar ao estilo de condução do motorista.

O sucesso do Carisma pode ser explicado por uma excelente combinação de preço e qualidade.

Em 2004, o Mitsubishi Carisma foi descontinuado.

Add a comment